澳门新葡亰8455手机版本

pt_BR

Data: 9 de março de 2021

Local: qatarlaunch.com/transmissao

Por que as pessoas com COVID-19 têm sintomas tão diferentes? Por que, em algumas famílias ou grupos, algumas pessoas se contaminam e outras não? Porque a forma grave atinge determinadas pessoas, às vezes independentemente de comorbidades? O que a ciência brasileira está fazendo de novo para lidar com estas questões?

Comemorando o Dia Internacional da Mulher, a ABC convidou para debater o tema as Acadêmicas e geneticistas Mayana Zatz (USP) e Mara Hutz (UFRGS); a engenheira química Leda Castilho (Coppe/UFRJ), ex-afiliada da ABC (2009-2013); e a médica epidemiologista Selma Bezerra Jerônimo (UFRN).

Os moderadores serão o presidente da ABC, Luiz Davidovich, e a vice-presidente, Helena B. Nader.

 

 

SERVIÇO
Evento: WEBINÁRIOS DA ABC – Ed. 32 | Genética, Vacina e COVID-19 
Data: 3ª feira, 09/03/2021
Hora: 16h (GMT-3)
Local: qatarlaunch.com/transmissao

 


Perdeu os webinários da ABC anteriores? Assista aqui!


 

“Diferentes abordagens utilizadas para investigar quanto o genoma de pessoas infectadas pelo SARS-Cov-2 influencia a enorme variabilidade clínica da COVID-19”

Professora titular de Genética do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP). Coordena o Centro de Pesquisas do Genoma Humano e Células-Tronco e o INCT Envelhecimento e Doenças Genéticas. É membro titular da ABC e da Academia Mundial de Ciências (TWAS). Ganhou o Prêmio L’Oréal Internacional Para Mulheres na Ciência em 2001.


  • Leda Castilho

“Desenvolvimento de testes, medicamentos e uma vacina recombinante para Covid-19″18:53:4418:53:5618:53:56

Professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, atuando no Programa de Engenharia Química (Coppe/UFRJ), onde criou e coordena o Laboratório de Engenharia de Cultivos Celulares, que se dedica ao desenvolvimento de tecnologias para produção de biofármacos e vacinas. É também docente do Programa de Bioquímica do Instituto de Química da UFRJ. Foi membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências no período 2009-2013.


  • Selma Bezerra Jerônimo

“Evolução da infecção por Sars-CoV-2: aspectos relativos ao diagnóstico, evolução clínica e imunidade de manada (Rio Grande do Norte).”

Professora titular do Departamento de Bioquímica e diretora do Instituto de Medicina Tropical da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Pesquisadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Doenças Tropicais. Presidente da Academia de Medicina do Rio Grande do Norte, membro da Academia de Ciências da América Latina (Acal).


“Imunogenética e suscetibilidade ao Sars-CoV-2 em populações nativas sul-americanas”.

Professora titular de Genética da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com pós-doutorado na Divisão de Genética Pediátrica da Johns Hopkins School of Medicine, nos EUA. Busca determinar a suscetibilidade genética de distúrbios neuropsiquiátricos, doenças infecciosas e farmacogenômica em populações altamente miscigenadas. É membro titular da ABC e da Academia Mundial de Ciências (TWAS).