A Coppe/UFRJ promove a Semana PESC 50 anos, entre os dias 9 e 13 de novembro, em comemoração ao cinquentenário do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da instituição. O seminário virtual, que contará com a participação de cinco professores que ingressaram no PESC em cada uma das décadas, e de cinco ex-alunos que seguiram carreiras diversificadas, será realizado das 18 às 19 horas, e transmitido pelo canal do Programa no.

Na abertura, dia 09, o coordenador do PESC, professor Guilherme Horta Travassos, fará uma breve apresentação do Programa, com sua trajetória, conquistas e desafios. Criado em 1970, o Programa de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe está entre os melhores do país, mantendo nota máxima na avaliação da Capes. Ao longo de sua história, vem se transformando para acompanhar a rápida evolução da Computação, que se tornou em um dos mais dinâmicos e interdisciplinares campos da ciência e tecnologia contemporânea. Desde sua fundação, O PESC tem formado especialistas altamente qualificados – mais de 1.500 mestres e cerca de 600 doutores – que são rapidamente absorvidos pela academia e indústria, no Brasil e exterior.

Durante o evento, os professores Nelson Maculan Filho (1970), Ana Regina Rocha (1980), Marta Mattoso (1990), Henrique Cukierman (2000) e Franklin Marquezino (2010) falarão, um em cada dia, sobre as “impressões da década” em que ingressaram como docentes no PESC. Os professores mostrarão, sob suas respectivas visões, o que se esperava da Ciência da Computação brasileira na época, e como a Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe contribuiu para satisfazer ou mesmo superar as expectativas em relação ao desenvolvimento tecnológico do país.

Para mostrar as diferentes opções de carreiras bem sucedidas proporcionadas aos egressos do PESC, em cada dia do evento um ex-aluno falará um pouco sobre como a formação no Programa da Coppe contribuiu para sua trajetória profissional. Eles representarão os demais egressos que se tornaram professor em uma conceituada instituição de ensino brasileira (Fabio Protti), professor em uma instituição de ensino no exterior (Juliana Silva Bernardes), ou alcançaram posto de destaque em uma instituição pública nacional, sem ser universidade (Gabriela Ruberg). Também estarão representados os ex-alunos que fundaram uma empresa de sucesso (Mario Veiga Pereira) e aqueles que foram trabalhar em uma grande multinacional (Marlon Vieira).

PESC lança nova logomarca e selo comemorativo

Como parte das comemorações e para destacar o seu espírito de contemporaneidade e renovação que nortearão os próximos 50 anos, o PESC lançou sua nova logomarca. A nova identificação visual do Programa é composta por um símbolo icônico que faz referência aos seres humanos e a computação, numa aproximação inevitável e característica deste século. Em um traço único apresenta o perfil da figura humana, inspirada na figura da Minerva da UFRJ, e a nuvem de conhecimento, posicionada na parte superior como uma referência ao pensar. A rede representa as interações entre diferentes sistemas e informação de um mundo cada vez mais conectado. Também foi criado um selo comemorativo que pode ser utilizado em conjunto com a nova logomarca. Ele utiliza uma fonte cursiva e detalhe iluminado, exibindo os anos de criação e aniversário das suas cinco décadas de existência em uma fonte clássica.

Confira a programação e saiba mais sobre cada professor e ex-aluno participante no site da .